Advogados

O mensalão também será marcado pela atuação dos advogados dos réus diante das denúncias.

A maioria dos patronos constituídos pelos acusados é domiciliada fora do DF, com bancas de renome estabelecidas em diferentes regiões do país. Muitos desses advogados acompanham os réus desde o início das denúncias.

Veja lista completa:

Alberto Zacharias Toron

Nascido em SP, é professor de Direito Penal da PUC-SP e atua em defesa do réu João Paulo Cunha. Alberto Zacharias Toron foi o articulador da proposta transformada em súmula vinculante que garante aos advogados e defensores públicos acesso a provas documentadas reunidas em inquéritos policiais, mesmo que estes ainda estejam em andamento e sob sigilo. É pré-candidato à presidência da OAB/SP.

Antonio Carlos de Almeida Castro

O advogado, conhecido por Kakay, é formado pela Universidade de Brasília e tem forte atuação para diversos políticos e personalidades. Atua por Duda Mendonça.

Antônio Cláudio Mariz de Oliveira

Advogado criminalista há mais de 35 anos, Mariz de Oliveira é o advogado de defesa de Ayanna Tenório Tôrres de Jesus. É coordenador do Comitê de Direito Penal do CESA e autor de crônicas variadas na coluna Marizalhas, em Migalhas.

Antônio Sérgio Altieri de Moraes Pitombo

Mestre em Direito Penal, autor das obras “Lavagem de dinheiro: a tipicidade do crime antecedente” e “Organização Criminosa – Nova perspectiva do tipo legal”, membro do IBCCrim. Defende Enivaldo Quadrado.

Arnaldo Malheiros Filho

Formado pelas Arcadas em 1972, com pós-graduação em Direito Penal e Direito Penal Processual, presidente do Conselho do Instituto de Defesa do Direito de Defesa – IDDD e professor de Direito Penal Econômico. Atua por Delúbio Soares.

Castellar Modesto Guimarães Filho

Atua em defesa de Cristiano de Mello Paz. Além de advogado, Castellar Modesto já atuou na política, tendo sido deputado estadual em MG. Foi procurador de Justiça, corregedor-geral do MP e presidente da Associação Mineira do MP.

Celso Sanchez Vilardi

O advogado Celso Vilardi é responsável pela defesa de Delúbio Soares. Formado em Direito pela PUC-SP, é consultor técnico em Direito Comparado da Junta Interamericana de Qualificação Bancária.

Délio Fortes Lins e Silva

Advogado e conselheiro Federal da OAB, defende Antônio Lamas.

Délio Fortes Lins e Silva Júnior

O advogado representa Jacinto Lamas. É presidente da Comissão de Apoio ao Advogado Iniciante da OAB/DF.

Eduardo Antônio Lucho Ferrão

Advogado com passagem pela promotoria de Justiça no RS, é membro consultor da Comissão de Direitos Difusos e Coletivos do Conselho Federal da OAB. Defende Pedro da Silva Côrrea.

Guilherme Alfredo de Moraes Nostre

Membro do IBCCrim, professor universitário, autor de vários artigos em matéria criminal, atua por Breno Fischberg.

Gustavo Henrique Righi Ivahy Badaró

Atua por Sílvio José Pereira. Livre-docente em Direito Processual Penal pela Faculdade de Direito da USP, foi consultor jurídico do MJ.

Haman Tabosa de Moraes e Córdova

Defensor público-Geral Federal, faz a defesa do argentino Carlos Alberto Quaglia.

Hermes Vilchez Guerrero

Professor de Direito e Processo Penal na UFMG e na PUC-MG, foi juiz do TRE de Minas e patrocina a causa por Ramon Hollerbach.

Inocêncio Mártires Coelho

De 1981 a 1985 foi procurador-Geral da República, foi um dos fundadores do Instituto Brasiliense de Direito Público e defenderá José Rodrigues Borba.

Itapuã Prestes de Messias e Henrique de Souza Vieira

Os causídicos atuarão por Emerson Eloy Palmieri. São advogados inscritos no quadro da OAB/DF.

José Antero Monteiro Filho, Ronaldo Garcia Dias e Flávia Gonçalvez de Queiroz

José Antero é ex-procurador de Justiça de MG, e junto com os advogados Ronaldo Garcia e Flávia Gonçalvez, defenderá Romeu Queiroz.

José Antonio Duarte Alvares

O réu Pedro Henry Neto deixou sua defesa a cargo do advogado José Antonio, que atua em MT desde 1985 e é membro da Comissão de Meio Ambiente da OAB/MT.

José Carlos Dias

Advogado criminalista, formado em Direito pelas Arcadas, também atuou como ministro da Justiça durante o governo de FHC. Defende Kátia Rabello.

José Luis Mendes de Oliveira

O advogado faz parte da banca Oliveira Lima, Hungria, Dall’Acqua & Furrier Advogados, que atua exclusivamente em questões relacionadas com o Direito Penal e Direito Penal Empresarial. José Dirceu, chefe da Casa Civil à época do mensalão, é seu cliente.

José Roberto Leal de Carvalho

Luiz Gushiken entregou sua defesa para José Roberto Leal, advogado criminalista que também já atuou por Paulo Maluf.

Leonardo Isaac Yarochewsky e Daniela Villani Bonaccorsi

Os criminalistas defenderão Simone Reis Lobo de Vasconcelos. Leonardo Isaac é professor de Direito Penal na PUC-MG, sócio e colaborador do IBCCrim.

Leonardo Magalhães Avelar

Defende Breno Fischberg, membro do IBCCrim e especialista em Direito Penal Econômico.

Luciano Feldens

Foi procurador da República até 2008, tendo saído do MPF para exercer a advocacia privada. Atua por Duda Mendonça e Zilmar Fernandes Silveira.

Luís Justiniano de Arantes Fernandes

Graduado em Direito pela USP, atua nas áreas do Direito Administrativo, Tributário e Empresarial. Defende Luiz Gushiken.

Luís Maximiliano Leal Telesca Mota

Formou-se em Direito pela Universidade Federal de Pelotas, foi membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB/DF, presidente da Comissão de Direitos Sociais e presidente do Tribunal de Ética e Disciplina. Defende Anita Leocádia.

Luiz Fernando Pacheco

Advogado criminalista em SP, atua por José Genoíno. Foi membro do Conselho Nacional Anti-Drogas da Presidência da República.

Luiz Francisco Corrêa Barbosa

Roberto Jefferson, o delator do mensalão, será defendido pelo causídico gaúcho.

Marcelo Leal de Lima Oliveira

Mestre em Direito Negocial, professor honorário da Universidad Inca Garcilaso de la Veja, atuava por Jose Janene, já falecido.

Marcelo Leonardo

O publicitário Marcos Valério entregou sua defesa a cargo do criminalista Marcelo Leonardo, que tem especialização em Direito Penal e Direito Processual Penal e em Direito Penal Econômico.

Marcelo Luiz Ávila de Bessa

Os réus Bispo Rodrigues e Valdemar Costa Neto são defendidos por Marcelo Luiz Ávila, que foi juiz do Trabalho substituto, juiz diretor do Foro Trabalhista de Cuiabá/MT e procurador do Trabalho e da República.

Márcio Luiz da Silva

O causídico é especialista em Processo Civil e Direito Eleitoral e foi advogado nas campanhas presidenciais de Lula em 1998, 2002 e 2006. Defende o Professor Luizinho.

Márcio Thomaz Bastos

Ex-ministro da Justiça, defensor de José Roberto Salgado, Márcio Thomaz Bastos é formado pelas Arcadas (Turma de 1958) e foi presidente do Conselho Federal da OAB.

Marthius Sávio Cavalcante Lobato

Mestre e Doutor em Direito, Estado e Constituição, o advogado Marthius Sávio defende Henrique Pizzolato.

Maurício Maranhão de Oliveira

Advogado desde 1994, com especialização em Processo Civil, Direito Público e Tributário. Defende João Genu.

Olinto Campos Vieira

É advogado de João Magno de Moura, inscrito na OAB/PA.

Paulo Sérgio de Abreu e Silva

Os réus Geiza Dias Santos e Rogério Tolentino são defendido por Paulo Sérgio, advogado inscrito nos quadros da OAB/MG.

Roberto Garcia Lopes Pagliuso

Os réus Anderson Adauto e José Luiz Alves são defendidos pelo advogado bandeirante Roberto Pagliuso.

Migalhas