Penas dos condenados no mensalão já ultrapassam 100 anos

Ramon Hollerbach, Cristiano Paz, Rogério Tolentino e Simone Vasconcelos

A pena de Ramon Hollerbach, ex-sócio de Marcos Valério, pelo crime de evasão de divisas foi definida nesta quinta-feira, 8, em 3 anos e 8 meses de reclusão. A somatória das penas do réu chegou a 29 anos, 7 meses e 20 dias de reclusão, mais R$ 2,7 mi de multa.

Após a dosimetria das penas de Hollerbach, foi a vez dos ministros do STF estabelecerem as penas impostas a Cristiano Paz, também ex-sócio de Valério. Ele foi condenado por sete delitos (v. abaixo), cujas penas somadas totalizaram 25 anos, 11 meses e 20 dias, mais R$ 2,5 mi.

Em seguida, iniciou-se o cálculo das penas de Rogério Tolentino, ex-sócio e advogado das empresas de Marcos Valério. Dos três crimes pelos quais foi condenado, os ministros apenas fixaram as penas de quadrilha e corrupção ativa referente a pagamento de propina a parlamentares. Até agora, Tolentino ficará preso por 5 anos e 3 meses, além de ter que pagar multa de R$ 286 mil.

Simone Vasconcelos, funcionária da SMP&B, já recebeu as penas relativas aos crimes de formação de quadrilha e corrupção ativa pelo pagamento de propina a parlamentares. Por enquanto, sua pena é de 4 anos e 2 meses, mais R$ 143 mil.

A pena de Simone pelo delito de quadrilha foi prescrita, porque os ministros entenderam que ela deveria cumprir pena de 1 ano e 8 meses pelo crime. Contudo, o Estado não pode aplicar sanções aos réus condenados a penas inferiores a 2 anos de prisão. Por causa da demora para julgar o processo, a prescrição sempre ocorrerá para penas inferiores a 2 anos.

Veja o resumo das penas aplicadas aos réus.

  • Marcos Valério

CRIME

PENA

Formação de quadrilha 2 anos e 11 meses
Corrupção ativa relativa a contratos com a Câmara dos Deputados 4 anos e 1 mês + R$ 432 mil
Peculato relativo a contratos com a Câmara dos Deputados 4 anos e 8 meses + R$ 546 mil
Corrupção ativa relativa a contratos com o Banco do Brasil 3 anos, 1 mês e 10 dias + R$ 108 mil
Peculato relativo a contratos com o Banco do Brasil (desvio do bônus de volume + Fundo Visanet) 5 anos, 5 meses e 10 dias + R$ 598 mil
Lavagem de dinheiro 6 anos, 2 meses e 20 dias + R$ 78 mil
Corrupção ativa relativa a pagamento de propina a parlamentares 7 anos e 11 meses + R$ 585 mil
Evasão de divisas 5 anos e 10 meses + R$ 436 mil
TOTAL (pode ser alterado) 40 anos, 1 mês e 6 dias (foi aumentada para 40 anos, 4 meses e 6 dias) + R$ 2,7 mi
  • Ramon Rollerbach

CRIME

PENA

Formação de quadrilha 2 anos e 3 meses
Corrupção ativa relativa a contratos com a Câmara dos Deputados 2 anos e 6 meses + R$ 240 mil
Peculato relativo a contratos com a Câmara dos Deputados 3 anos + R$ 468 mil
Corrupção ativa relativa a contratos com o Banco do Brasil 2 anos e 8 meses + R$ 432 mil
Peculato relativo a contratos com o Banco do Brasil (desvio do bônus de volume + Fundo Visanet) 3 anos, 10 meses e 20 dias + R$ 494 mil
Lavagem de dinheiro 5 anos e 10 meses + R$ 431,6 mil
Corrupção ativa relativa a pagamento de propina a parlamentares 5 anos e 10 meses + R$ 468 mil
Evasão de divisas 3 anos e 8 meses + R$ 260 mil
TOTAL (pode ser alterado) 29 anos, 7 meses e 20 dias + R$ 2,7 mi
  • Cristiano Paz

CRIME

PENA

Formação de quadrilha 2 anos e 3 meses
Corrupção ativa relativa a contratos com a Câmara dos Deputados 2 anos e 6 meses + R$ 240 mil
Peculato relativo a contratos com a Câmara dos Deputados 3 anos + R$ 468 mil
Corrupção ativa relativa a contratos com o Banco do Brasil 2 anos e 8 meses + R$ 432 mil
Peculato relativo a contratos com o Banco do Brasil (desvio do bônus de volume + Fundo Visanet) 3 anos e 10 meses e 20 dias + R$ 494 mil
Lavagem de dinheiro 5 anos e 10 meses + R$ 431,6 mil
Corrupção ativa relativa a pagamento de propina a parlamentares 5 anos e 10 meses + R$ 468 mil
TOTAL (pode ser alterado) 25 anos, 11 meses e 20 dias + R$ 2,5 mi
  • Rogério Tolentino

CRIME

PENA

Formação de quadrilha 2 anos e 3 meses
Lavagem de dinheiro Ainda não definido
Corrupção ativa relativa a pagamento de propina a parlamentares 3 anos + R$ 286 mil
TOTAL (pode ser alterado) Ainda não definido
  • Simone Vasconcelos

CRIME

PENA

Formação de quadrilha 1 ano e 8 meses (pena prescrita)
Corrupção ativa relativa a pagamento de propina a parlamentares 4 anos e 2 meses + R$ 143 mil
Lavagem de dinheiro Ainda não definido
Evasão de divisas Ainda não definido
TOTAL (pode ser alterado) Ainda não definido

Comments are closed.

Migalhas